A Free Agency começou a todo vapor na última segunda-feira (16). Diversos times da NFL se movimentaram para acrescentarem valor à suas franquias, visando a temporada de 2020 que começará no dia 10 de setembro deste ano. O New York Giants também realizou alguns movimentos interessantes que nos mostram qual é o rumo do time, baseado na filosofia de jogo de Joe Judge e Dave Gettleman.

Aqui no Giants Brasil, já falamos sobre as contratações do LB Blake Martinez, ex-Packers, do TE Levine Toilolo, ex-49ers e do CB James Bradberry, além da franchise tag no DT Leonard Williams e a second round tender no K Aldrick Rosas.

No entanto, desde a última terça-feira (17), algumas movimentações foram realizadas pelo nosso coach staff junto ao GM. Confira.

OLB Kyler Fackrell

O Giants anunciou a contratação do OLB Kyler Fackrell, ex-Packers. O jogador de 28 ano está indo para sua quinta temporada na NFL após ser escolhido no 3º round do Draft de 2016. Sua melhor temporada foi em 2018, quando teve 10,5 sacks em 16 jogos, sendo que foi titular em apenas 7, sob o comando de Patrick Graham, nosso novo coordenador defensivo.

Na última temporada, no entanto, não foi titular em nenhum jogo e conseguiu apenas 1 sack. Isso se deve por duas contratações dos Packers que impulsionaram seu pass rush: Za’Darius Smith e Preston Smith. Consequentemente, Fackerell teve menos espaço.

De forma similar ao OLB Markus Golden (que ainda não acertou sua renovação com o time, inclusive) na temporada passada, OLB assinou um contrato ‘prove-it-deal‘ de apenas um ano, com o salário máximo de US$ 4,6 milhões.

Kyler Fackrell

OT Cameron Fleming

O offensive tackle Cameron Fleming, ex-Dallas, aparentemente é uma indicação do novo coordenador ofensivo Jason Garrett, que foi HC dos Cowboys por vários anos, e do novo treinador de linha ofensiva Marc Colombo. O jogador também passou pelo New England Patriots, onde foi draftado na 4ª rodada do Draft de 2014.

Com 27 anos, o jogador nunca foi um titular definitivo em sua carreira, nem em Boston ou Dallas. São 26 jogos no time titular em 75 em que participou. Dos 14 jogos que participou em 2019, três foi titular, cedendo 2 sacks. O contrato recebido é de uma temporada, com salário máximo de US$ 4 milhões.

Cameron Fleming

S Nate Ebner

O S Nate Ebner é um dos principais atletas em Special Teams da NFL, e, provavelmente, foi escolhido a dedo por Joe Judge. O jogador de 31 anos foi escolhido para o Second-Team All-Pro em 2016. Além disso, também era um Safety reserva, mas que não exerceu tal função na última temporada.

O jogador passou as últimas oito temporadas no New England Patriots, onde foi escolhido na 6ª rodada do Draft de 2012. Ebner também foi jogador de Rugby profissional pela seleção dos Estados Unidos, em 2016.

Ebner trabalhou com Judge nos últimos anos em Boston e fez parte da melhor equipe de ST da última temporada. O contrato será de uma temporada, mas o salário ainda não foi anunciado oficialmente.

Nate Ebner

WR Cody Core

Em um movimento menos badalado, os Giants acertaram a renovação por duas temporada do WR/ST Cody Core. O jogador de 25 anos apresentou um bom desempenho na última temporada, após ser dispensado pelos Bengals em agosto de 2019.

Core esteve em 65% de todos os snaps do time de especialistas, combinado para 8 tackles. Ele jogou em todos os 16 jogos, inclusive como recebedor na derrota para o Buffallo Bills, na semana 2, registrando 28 jardas em três recepções.

Core fechou um contrato de duas temporadas, totalizando US$ 2,4 milhões. US$ 1 milhão é garantido.

Cody Core

Apesar de todas essas movimentações, os Giants continuam com lacunas em seu roster. Ainda precisamos de um FS, iLB (que seja prolífero na cobertura de passe), EDGE e um OT para ser titular. Nós, que começamos a FA com aproximadamente US$ 72 milhões livres no salary cap, segundo o site Over The Cap, temos apenas US$ 19 milhões ainda disponíveis.

Reservando US$ 12 milhões para os jogadores do Draft e, considerando que o contrato de Ebner seja por volta de US$ 4 milhões, sobrarão apenas US$ 3 milhões, e o time continua com diversos problemas.

QB Colt McCoy

E enquanto estávamos escrevendo esse artigo, o Giants contratou o QB Colt McCoy, ex Redskins, para ser o backup de Daniel Jones nessa temporada. Os valores do contrato ainda não foram divulgados.

McCoy passou cinco temporadas com os Redskins, fazendo uma partida como titular em 2019, acertando 66.7% dos seus passes para 122 jardas e uma interceptação. Durante sua carreira, ele começou 39 partidas, sendo 28 como titular. Sendo uma opção melhor que Tanney que, como sabemos, nunca foi titular de uma partida e jogou somente dois jogos na carreira.

Muito se questiona sobre as escolhas do time esse período de Free Agency. Alguns dizem que os treinadores e Dave Gettleman escolher atletas que gostam ou que já trabalharam juntos, mas que não necessariamente são os melhores para as necessidades da equipe, como por exemplo a preferência do LB Blake Martinez em detrimento do LB Cory Littleton, que acabou fechando com o Las Vegas Raiders.

Nesta FA, a posição de pass rush era profunda. Jadeveon Clowney, Yannick Ngaukoue, Robert Quinn e até Markus Golden, entre outros, estavam disponíveis, mas os Giants não fecharam com nenhum, e agora o espaço salarial está curto.

No entanto, há muito o que se esperar do Draft com ótimos rookies saindo do College. A Free Agency é apenas um aperitivo da temporada, que é apenas o início de um trabalho que mostra-se ser promissor.