Como sabem, nessa terça-feira, tivemos uma coletiva de imprensa do Giants com Joe Judge, o novo técnico e Dave Gettleman. E, como esperado, eles tocaram em vários assuntos importantes para o time, desde draft até sobre o futuro da franquia.

E, nesse artigo, vamos separar os principais e mais importantes pontos comentados por elesnão necessariamente, na ordem de importância. Vamos nessa? 🙂

  • Sobre a possibilidade de trocar a quarta escolha

Dave Gettleman não ficou em cima do muro. Quando perguntado por um repórter se uma troca era possível de acontecer, ele logo disse: “Sim, absolutamente. Estamos aberto para negócios. Faremos de tudo para conseguir quem for do nosso interesse” – mas logo destacou que reconhece que esse tipo de negociação traz alguns perigos, por isso, pensarão com cuidado antes de entrar em qualquer tipo de acordo.

Já Joe Judge foi simples como sempre tem sido: “Não temos que fazer nada sobre isso. Mas vamos ouvir qualquer tipo de oferta sobre essa possível troca”, deixando claro que estão abertos para negócios, mas que isso não significa que irão fazer essa negociação.

Photo by New York Post
  • Leonard Williams: qual será o futuro do jogador no time?

Gettleman sabe que sua negociação envolvendo Leonard Williams não trouxe muitos fãs para o seu lado. E ele sabe também que, qualquer que seja a sua decisão, haverá torcedores contra. E sobre isso, ele comentou algo que nos deixou muito preocupados: “Ah, eu serei apedrejado… Mas eu tenho uma pele grossa, uma pele de rinoceronte”, deixando um pouco claro que “ele sabe que fez besteira”, mas que ele aguenta as criticas.

Em todo caso, não deixaram claro se irão dispensar o jogador, colocá-lo em alguma negociação ou aplicar alguma tagfranchise ou transition. Em todo caso, é bom ficarmos preparados para nos decepcionar com a decisão de Dave Gettleman – mais do que estamos.

  • Dave e Joe sabem da importância de uma boa linha ofensiva

Ambos disseram que sabem como é importante ter uma boa linha ofensiva para proteger o seu QB, abrir espaço para o jogo aéreo e terrestre. E que sim, eles lembrarão disso quando estiverem fazendo as escolhas no draft.

  • Reconstrução do time e o futuro da franquia

Joe Judge chegou dizendo a importância de criar uma cultura dentro do time. E isso tem sido realmente feito. Tanto é que, durante a entrevista, ele divulgou que vários treinadores e coordenadores estão morando no mesmo complexo. Tudo isso para ter proximidade e conexão entre todos.

Além disso, disse que não tem nenhuma expectativa com nenhum jogador dentro do time. Todos começarão do zero e terão a mesma oportunidade de fazer parte do elenco final. Segundo ele, nem mesmo Daniel Jones ou Saquon Barkley estão seguros.

E deixou claro que sim, ele ama jogadores jovens, que não contratam jogadores veteranos para ensiná-los a jogar futebol e que o passado de todos é irrelevante para conseguir uma vaga no seu time: Você não assina com jogadores veteranos para ensinar jogadores jovens ou para criar uma mudança de cultura em um time. Esse é o nosso trabalho. Nós que temos que fazer isso. E aqui todos terão a mesma oportunidade para conseguir o seu lugar no elenco. O que aconteceu no passado é irrelevante para mim.”

Quando perguntado sobre qual é o tipo de jogador perfeito para ele, Joe respondeu: “Uma pessoa inteligente, durona e que não seja egoísta” – ou seja, deixou claro novamente a importância de jogadores que queiram fazer parte de algo valioso para a franquia e que não pensem somente em si mesmos.

Photo by USA Today
  • Mudança de praticamente toda a comissão técnica

Quando perguntado sobre o motivo de adicionar tantos “professores” na comissão técnica, ele deixou claro que confia muito nas suas escolhas, dizendo: “Até onde eu sei, não temos líderes de torcida por aqui… E não tenho isso nos nomes que eu trouxe também”, cutucando de maneira “gentil” a franquia, dizendo que os antigos treinadores eram do tipo que só “falavam e não faziam nada”, diferente dos que agora fazem parte da sua comissão.

  • Qual será a primeira escolha do Giants?

Como sempre, bateram na tecla de escolherem o “melhor jogador disponível” em sua posição. Porém, Dave Gettleman disse durante a entrevista que ele sabe que “linha ofensiva marca pontos e defesas ganham campeonatos”, mostrando uma leva tendência em escolher jogadores defensivos na sua primeira escolha.

Já Joe Judge, deixou claro em vários momentos que sabe da importância de uma boa linha ofensiva, criando um certo “ponto de interrogação” para muitos analistas. Afinal, o time escutará Dave Gettleman ou dará ouvidos as escolhas de Joe durante o draft?

De modo geral, esses foram os principais pontos discutidos por Joe Judge e Dave Gettleman durante a entrevista coletiva. E aí, o que acharam das respostas? Estão confiantes sobre o novo técnico? Com medo da escolha de Dave Gettleman? Comentem aí 🙂